Gmail deve permitir agendamento de e-mail em breve, revelam códigos escondidos

Postado Por Pixel Web Design / 5 de agosto de 2018 / Google, Navegadores, Notícias / 198 visitas / Sem comentários

O Gmail pode ganhar uma função pedida há muito tempo por usuários: o agendamento de e-mails. É o que revelam códigos encontrados dentro do aplicativo do serviço para Android, que apontam as pessoas poderão finalmente escolher um momento específico para o envio da mensagem. Apesar disso, não há previsão oficial de lançamento.

De acordo com a publicação do Digital Trends, a atualização mais recente do Gmail para o Android trouxe uma linha de código ligada ao comando “Schedule Send” (Agendar envio, em tradução livre). Ao que tudo indica, o recurso deve funcionar dentro do esperado: o usuário poderá escrever um e-mail e, ao invés de salvar rascunho ou enviar, será possível determinar um dia e hora exato para que a mensagem seja encaminhada.

Atualmente, as pessoas dependem de serviços de terceiros, especialmente em computadores, para realizar essas tarefas. Entretanto, além de não ser cômodo procurar um app separado para fazer essa função, há sempre o risco de que essas ferramentas tenham acesso indevido às mensagens. O recente escândalo, inclusive, pode ter incentivado o Google a construir sua própria ferramenta.

Embora a função pode parecer dispensável para o usuário comum, o recurso tende a ser útil especialmente para pequenas empresas ou profissionais liberais. Afinal, será possível trabalhar com uma informação confidencial antecipadamente e só disparar a mensagem quando esta puder vir à público, por exemplo. Outra possibilidade é o agendamento de e-mails de felicitações por aniversários ou datas importantes.

Nos últimos meses, o Google tem dado bastante atenção ao Gmail. O serviço ganhou uma nova interface em navegadores com funções como respostas inteligentes, adiamento de mensagens, entre outros recursos de inteligência artificial. Além disso, é aguardado um novo design para os aplicativos para iPhone e Android em breve.

Fonte da Notícia: Olhar Digital


TOPO