Novo Bug do Facebook expõe fotos de 6,8 milhões de usuários, verifique se sua conta foi afetada

Postado Por Pixel Web Design / 17 de dezembro de 2018 / Notícias, Redes Sociais, Segurança / 440 visitas / Sem comentários

Um bug no Facebook expôs as fotos privadas de até 6,8 milhões de usuários. O bug significa que milhares de aplicativos de terceiros tiveram acesso potencial a fotos que não tinham permissão para visualizar. O pior é a quantidade de tempo que o Facebook levou para divulgar o incidente.

Ano muito ruim do Facebook
É justo dizer que o Facebook não teve um bom ano de 2018. Houve o escândalo da Cambridge Analytica com o qual todos já deveriam estar familiarizados. E, em meio a um cenário de pessoas excluindo o Facebook, a rede social teve problemas contínuos para manter a confiança das pessoas.

As questões são profundas, com o Facebook lutando contra a disseminação de notícias falsas, campanhas publicitárias com potencial para influenciar eleições e uma atitude aparentemente negligente em relação aos dados e à privacidade dos usuários. E agora recebemos a notícia de que fotos particulares foram expostas a aplicativos.

Facebook revela novo bug
O Facebook divulgou o incidente em uma postagem do Facebook for Developers. A rede social explica que esse bug afetou “pessoas que usaram o Login do Facebook e concederam permissão a aplicativos de terceiros para acessar suas fotos”.

Os usuários às vezes dão permissão aos aplicativos para acessar fotos que compartilham em sua linha do tempo. No entanto, esse bug significa que, por 12 dias, os desenvolvedores também poderiam acessar outras fotos compartilhadas no Facebook, e até mesmo as fotos que as pessoas enviaram, mas decidiram não postar.

O bug em questão foi ao vivo entre 13 de setembro e 25 de setembro de 2018. O Facebook descobriu e consertou o bug no dia 25. No entanto, levou quase três meses para o Facebook notificar os desenvolvedores afetados e, por extensão, os usuários afetados.

O Facebook está “desculpe, isso aconteceu” e está lançando ferramentas para ajudar os desenvolvedores a “determinar quais pessoas usando seu aplicativo podem ser afetadas por esse bug”. Essas pessoas serão notificadas e direcionadas para um link da Central de Ajuda explicando o problema em mais detalhe.


TOPO