Cada vez mais pessoas são forçadas a ficar em suas residências para se proteger do coronavírus, mas isso não deve causar maiores transtornos para a infraestrutura de rede do país

TOPO